Livro

Gestores e empresários olham para o mundo à procura de oportunidades de investimento e de alavancagem das suas competências e vantagens específicas. Em alguns casos decidem os seus investimentos por vantagens de localização de certos países assentes nos custos dos factores – e, em particular, do factor trabalho -, noutros casos, procuram as localizações que lhes garantem acesso a tecnologias e conhecimentos “de ponta”. Hoje, além dos EUA e da União Europeia, as multinacionais elegem os BRIC – Brasil, Rússia, Índia e China como os pólos de maior atractividade para os investimentos futuros. Os BRIC a par com os Estados Unidos são e serão destinos atractivos quer para as grandes multinacionais, quer para empresas de média dimensão europeias e portuguesas. As oportunidades de beneficiar da globalização dos mercados e da produção existem, mas é preciso conhecer como funcionam esses países e os modos para tornar uma empresa multinacional.

Este livro aborda as oportunidades e desafios da globalização, as formas de internacionalização das empresas, os critérios para decidir quais os mercados a entrar avaliando a sua atractividade, o investimento directo estrangeiro e foca vários factores a atender nas economias emergentes em geral e nos cinco mercados dos EBRIC em particular. Os benefícios de uma orientação para os mercados externos não é mera panaceia e o potencial de rendibilidade é elevado, no aproveitamento das oportunidades.

%d bloggers like this: